• Simova

COMO MELHORAR A GESTÃO DE EQUIPAMENTOS NA CONSTRUÇÃO

Atualizado: 1 de Jul de 2019

Tempo é dinheiro e na construção civil essa premissa se torna ainda mais importante. Gestores de obra estão preocupados a todo instante em estabelecer estratégias eficientes que possam resultar na redução de custos sem impactar a produtividade e o prazo de entrega.


Por vezes, a má gestão de equipamentos da construção acaba tendo impacto significativo no orçamento da construtora. Por isso, ajustar a eficiência desse material é tão importante para trazer economia ao negócio.


Para ajudar você a entender melhor como melhorar a gestão de equipamentos da construção, levantamos alguns pontos importantes neste post. Continue a leitura e saiba mais!




O que é gestão de equipamentos na construção?


gestão de equipamentos consiste na utilização dos materiais de forma adequada, entre eles máquinas e demais ferramentas, para alcançar maior produtividade, isto é, entregas dentro do prazo e sem a perda de qualidade.


Nesse sentido, o uso de um software de gerenciamento na construção é capaz de manter o canteiro de obra organizado e em dia com as tarefas do projeto, o que elimina de vez as falhas e permite que toda a equipe se mantenha focada no que realmente importa para que a obra seja entregue dentro do prazo.


Quais as dicas para uma melhor gestão na construção?


Muitos fatores devem ser levados em conta na hora de realizar um bom planejamento para a gestão de equipamentos na obra. Alguns gestores acabam concentrando seus esforços na escolha dos melhores fornecedores, no valor do aluguel dos equipamentos e de outros materiais e acabam deixando outras questões, não menos importantes, de lado.


Por isso, levantamos algumas dicas para uma melhor gestão na construção. Fique atento!


Treine os funcionários sobre o uso dos equipamentos


O uso incorreto de equipamentos é, sem dúvida, um dos principais entraves no bom andamento de uma obra. Assim, treinar os funcionários para conhecer as funcionalidades das ferramentas é fundamental para evitar gastos desnecessários e utilizá-las com maior eficiência.


Geralmente, os equipamentos da construção civil são compostos por maquinários pesados e de alto custo. Além disso, sem esses equipamentos o bom desempenho da obra fica seriamente prejudicado — o que acarreta problemas financeiros e atraso no cronograma.


Mantenha controle e visibilidade da atividade dos equipamentos


Qualquer gestor deve levar em consideração que sempre deve estar ciente das ações e controlar os processos que ocorrem, seja em uma obra seja em qualquer operação de campo. 


Ter a visibilidade e controle do progresso da obra é papel fundamental desse profissional, e esperado pelos seus superiores. Sendo assim, ele também deve considerar, além de sua equipe, a gestão dos equipamentos em campo. 


Ferramentas, como o apontamento eletrônico, são armas nessa missão complexa que é acompanhar serviços externos e equipes dispersas em ambientes onde a coleta de dados passa a ser vital para uma conquista operacional. 


Hoje, há tecnologias que podem mensurar velocidade, localização, homímetro, motor ligado ou desligado, giro do motor (RPM) e, em alguns casos, nos equipamentos mais modernos, a leitura do CAN (Controler Area Network), ou rede de área do controlador, em português, trazendo tudo isso em um painel de controle simples para que o gestor consiga mensurar as atividades dessas máquinas ou equipamentos.


Sendo assim, a gestão de equipamentos na construção civil é vital no controle do progresso da obra e traz melhorias para a operação, além de oferecer à equipe a melhoria contínua dos processos e redução das perdas gerenciáveis. 


E aí, gostou do nosso post? Então siga nossas redes sociais, estamos no FacebookTwitterLinkedIn e YouTube.




46 visualizações
  • Facebook - Simova
  • LinkedIn - Simova
  • YouTube - Simova

Av São João, 2504, Jardim das Colinas, São José dos Campos, São Paulo, Brasil, CEP 12242000