• Simova

TECNOLOGIA NO AGRONEGÓCIO: DESCUBRA 5 TENDÊNCIAS PARA 2019!

Atualizado: 28 de Jun de 2019

A importância de aliar produtividade e sustentabilidade já é um consenso, e essa necessidade se transformou no principal guia para o desenvolvimento e uso da tecnologia no agronegócio. Empresários do setor, pesquisadores e fabricantes de máquinas agrícolas estão cada vez mais engajados em aprimorar e disponibilizar as soluções que vão revolucionar a produção.


Nossa proposta, neste artigo, é apresentar algumas das tendências tecnológicas para o agronegócio no ano de 2019. Para isso, reunimos uma série de soluções que estão conquistando espaço no mercado e devem se tornar indispensáveis. Veja como elas serão aplicadas para aperfeiçoar o trabalho no campo e se prepare para utilizá-las no seu negócio em um futuro próximo.


1. Internet das Coisas


A quantidade de aparelhos capazes de se conectar à internet aumenta a cada ano, e é evidente que equipamentos agrícolas, como tratores e colheitadeiras, seguirão essa tendência.


Comunicando-se permanentemente com outras máquinas, esses veículos trabalharão de forma autônoma, sem a necessidade de atuação direta do ser humano.


2. Drones


Os drones, certamente, estarão nessa grande rede de interação entre máquinas agrícolas — e já são bastante utilizados para captar imagens da lavoura. Hoje, elas são organizadas com o auxílio de softwares instalados em computadores para transformar os dados coletados em informações úteis. O próximo passo é tornar essa análise mais ágil.


Para isso, a tendência é que os drones passem a ter os seus próprios sensores, processadores e softwares de leitura. Os aparelhos, portanto, serão capazes de utilizar algoritmos para gerar informação sem a necessidade de intermediários. A consequência deve ser uma significativa redução de custos no agronegócio.


3. Biotecnologia


Os profissionais dessa área aplicam a tecnologia para estudar a interação entre microorganismos e testar reações químicas e fisiológicas. As análises permitem a manipulação genética de sementes, agregando a elas características que as tornem mais resistentes a pragas e mudanças climáticas. O resultado é o aumento da produtividade da safra.


4. Apontamento eletrônico


As soluções de apontamento eletrônico permitem acompanhar em tempo real o desempenho da produção ou o status das máquinas. Com a utilização de sensores, é possível identificar falhas em equipamentos ou implementar a automação de processos para economizar recursos, por exemplo. As informações podem ser acessadas em qualquer lugar, direto do smartphone.


5. Big Data

As tendências abordadas anteriormente trabalham em conjunto para fortalecer o conceito de Big Data, que é a interpretação inteligente dos dados coletados. As informações são articuladas para facilitar a tomada de decisão para os gestores. Em breve, essa tecnologia pode até permitir que as máquinas interajam entre si e tomem decisões por conta própria, ampliando a produtividade.


A tecnologia avança com uma rapidez impressionante e a sobrevivência no mercado depende da agilidade com que nos adaptamos a ela. Por isso, é fundamental acompanhar de perto as tendências e implementar as melhorias necessárias para que o negócio consiga atender a demanda e estar sempre um passo à frente da concorrência.


Para continuar por dentro das principais novidades e saber mais sobre a aplicação da tecnologia no agronegócio, siga nossos perfis nas redes sociais. Estamos no Facebook, LinkedIn, Twitter e YouTube.




0 visualização
  • Facebook - Simova
  • LinkedIn - Simova
  • YouTube - Simova

Av São João, 2504, Jardim das Colinas, São José dos Campos, São Paulo, Brasil, CEP 12242000