• Simova

CONHEÇA 3 BENEFÍCIOS DA TECNOLOGIA NO AGRONEGÓCIO

Atualizado: 1 de Jul de 2019

O setor agrícola é um dos principais responsáveis por impulsionar a economia brasileira e exige atualização constante de seus players. Conhecer e adotar as novidades da tecnologia no agronegócio é fundamental para manter a competitividade e responder rapidamente aos desafios do cenário atual, cada vez mais afetado pela transformação digital.


Pensando nisso, reunimos neste artigo algumas vantagens que as inovações tecnológicas trazem ao produtor rural. São elementos que você deve considerar para alavancar a evolução das suas operações, aperfeiçoar a gestão dos processos produtivos e obter altos níveis de eficiência. Confira!




1. Agilidade na análise de dados


O planejamento é um dos pilares fundamentais da atividade produtiva no campo e depende da medição e utilização de uma infinidade de dados. Seguindo o conceito de agricultura de decisão, a articulação de informações vindas de várias fontes é imprescindível para sustentar a atuação dos gestores nos momentos importantes.


Softwares como o BOB.Agro, desenvolvido pela Simova, contam com recursos específicos para a demanda do agronegócio. Utilizando uma plataforma inovadora que integra dispositivos móveis, como os smartphones, esses sistemas transformam a rotina nas fazendas com técnicas de Otimização em Tempo Real (RTO).


A coleta e análise de dados fica muito mais ágil, ajudando a entender melhor as características da área de produção e facilitando a alocação estratégica de recursos. Pode-se, por exemplo, identificar perdas gerenciais que ocorrem por boletins de campo perdidos e rasurados ou no ganho de eficiência, ao controlar equipamentos e checklists de forma mais precisa.


2. Diminuição de custos operacionais


A tecnologia no agronegócio promove a redução de custos por meio da automação de tarefas, reduzindo também os riscos do negócio. Os processos repetitivos e burocráticos podem ser adaptados facilmente para o uso de ferramentas de apontamento eletrônico. 


Além de economizar tempo, os sistemas informatizados são bastante seguros e diminuem o risco de erros humanos, melhorando significativamente os índices de retrabalho. Um bom exemplo disso são os sistemas de mapeamento via satélite, que ajudam a identificar problemas na plantação e gerenciar tarefas a distância.


Isso diminui o tempo de resposta para possíveis imprevistos e contribui para o uso adequado dos recursos. Com um investimento um pouco maior, você terá um controle aperfeiçoado sobre os fluxos de caixa, algo que favorece a sustentabilidade do negócio.  


3. Aumento de produtividade


Muitos produtores ainda relutam em adotar métodos inovadores, pois acreditam que o custo é alto demais. Entretanto, os benefícios das novas tecnologias no planejamento e gestão da produção compensam o investimento rapidamente. Com processos aperfeiçoados e relatórios de desempenho detalhados, certamente haverá um ganho de produtividade ao longo do tempo.


A utilização de algoritmos permite realizar previsões com altíssimas taxas de acerto e promove a aplicação consciente dos insumos. A tendência de crescimento na rentabilidade do negócio é decisiva para a sobrevivência do empreendimento, que fica um passo à frente dos concorrentes e amplia seu potencial produtivo.


Não restam dúvidas sobre a contribuição da tecnologia para o aumento da eficiência no agronegócio. Ela é responsável pelo surgimento de ferramentas indispensáveis para produtores rurais, consultores agrícolas e outros profissionais que precisam estar alinhados com as demandas do mercado.


Gostou do artigo? Então, aproveite para assinar nossa newsletter, receba em primeira mão outros conteúdos sobre as aplicações da tecnologia no agronegócio e melhore os resultados da sua empresa.




0 visualização
  • Facebook - Simova
  • LinkedIn - Simova
  • YouTube - Simova

Av São João, 2504, Jardim das Colinas, São José dos Campos, São Paulo, Brasil, CEP 12242000