• Simova

COMO APLICAR O SISTEMA TOYOTA DE PRODUÇÃO EM SERVIÇOS DE CAMPO?

Atualizado: 3 de Jul de 2019

O bom gerenciamento de projetos envolve a coordenação de atividades, pessoas e recursos, de forma a alcançar as metas estabelecidas, para que os produtos e/ou serviços sejam entregues com qualidade e dentro do prazo.


O Sistema Toyota de Produção (STP), do inglês “Toyota Production System” (TPS), tem proporcionado processos de alta qualidade e com boa relação custo-benefício. Mas, do que se trata? Quais seus principais conceitos?


Vejamos com mais detalhes como esse termo tem sido aplicado. Acompanhe!



O que é o Sistema Toyota de Produção?


O Sistema Toyota de Produção (STP) surgiu no Japão logo após a década de 1950. As empresas da época sofriam com uma produção muito baixa e a limitação de recursos e, como solução, os membros da família Toyota criaram o STP, baseado nas técnicas de Henry Ford e Frederick Taylor.


Trata-se de um conjunto de técnicas e métodos de administração da produção que visa a reduzir custos e proporcionar maior competitividade as empresas.


De maneira simplista, o Sistema Toyota de Produção visa a agregar qualidade superior com baixo custo e tempo de entrega reduzido, eliminando de vez atividades desnecessárias e que gerem tempo perdido.


Quais os princípios do Sistema Toyota?


Como princípios do Sistema Toyota de produção se destacam a eliminação de desperdícios e a qualidade. A ideia principal era melhorar a performance produtiva e torná-la mais competitiva. 


De forma geral, os princípios que norteiam o sistema são:


Just in Time


Aqui a premissa é a de que os estoques de produtos acabados ou matéria-prima tendam a zero. Ou seja: primeiro vende-se e depois produz. Isso possibilita uma produção mais flexível e com estoques mais baixos, o que possibilita atender a uma demanda variada com rapidez e agilidade e, o mais importante, com custos reduzidos.


Produção enxuta


Produzir o máximo no menor tempo possível e com o mínimo de recursos. Ou seja, utilizar o setup baixo na produção de pequenos lotes. O setup é o tempo que a produção fica parada para que haja a troca de uma ferramenta ou a reprogramação de uma máquina.


Redução de desperdícios


A implementação do Sistema Toyota defende que os únicos desperdícios aceitáveis são aqueles necessários ao processo produtivo. Perda de matéria-prima, retrabalho e tantos outros devem ser eliminados.


Melhor qualidade


O cliente sempre vai determinar se o produto e/ou serviço tem qualidade. Caso seja questionada, os processos devem ser avaliados e revistos. Sempre é possível melhorar.


Como aderir ao Sistema Toyota nos serviços de campo?


Entre alguns passos que devem ser seguidos para uma adoção eficiente do Sistema Toyota, destacam-se:


Mão de obra especializada


É fundamental que os colaboradores estejam preparados para suas atividades, conheçam suas operações e tenham qualificação para exercer suas tarefas. Um bom treinamento para engajar os funcionários na implementação é fundamental.


Máquinas e equipamentos eficientes


As máquinas e equipamentos são suficientes para a realização do serviços em campo? O tempo de ocupação e capacidade de operação são conhecidos? É essencial conhecer cada um desses itens para saber se são suficientes para atender à capacidade produtiva e às demandas de mercado.


Tecnologia de Gestão


A utilização de ferramentas que possam simplificar a coleta e a análise das informações é um dos meios utilizados pelo Sistema Toyota de Produção. Com esse tipo de precisão de informações, o sistema de apontamento eletrônico tem um fator primordial no controle de dados e precisão da tomada de decisões. 


Estoque


A gestão eficiente de estoque define se há disponibilidade suficiente ao longo do processo para assegurar o fluxo de produção, de forma a eliminar as perdas e desperdícios. Por isso seu controle é tão importante!


Definição de métodos de trabalho


Estabelecer métodos e técnicas de trabalho é a melhor alternativa para reduzir custos e entregar os serviços com qualidade e dentro do prazo.

A aplicação do Sistema Toyota de Produção proporciona uma série de benefícios em todas as etapas produtivas, dentre eles:

  1. fluxo de produção mais eficiente por meio da eliminação de desperdícios;

  2. fluxo de produção estável e ininterrupto (por exemplo, o Lean Manufacturing por meio de ferramentas que levem a processos mais enxutos);

  3. colaboradores engajados e motivados.

Gostou do nosso post? Para receber mais conteúdos como este, assine nossa newsletter e receba com exclusividade todas as nossas novidades. 




3 visualizações
  • Facebook - Simova
  • LinkedIn - Simova
  • YouTube - Simova

Av São João, 2504, Jardim das Colinas, São José dos Campos, São Paulo, Brasil, CEP 12242000